Suspense

Sonia Racy

03 de março de 2012 | 01h09

Até agora, nenhum funcionário do Hopi Hari foi despedido por causa do acidente na Torre Eiffel. Saiu um monitor, que pediu demissão.

Alberto Toron, advogado do parque, explica: só depois de apuradas as responsabilidades, medidas serão tomadas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: