Suspensão do acordo da J&F não atinge parte civil

Sonia Racy

12 de setembro de 2017 | 00h58

A suspensão da homologação do acordo de leniência do grupo J&F, até que o STF decida sobre a validade da delação de seus executivos, não atinge a parte civil.

Segundo adiantou a coluna ontem, na Broadcast, o que foi suspensa temporariamente, segundo o advogado Igor Tamasauskas, foi a proteção criminal para funcionários do grupo que queiram aderir à leniência.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.