Supermolécula

Sonia Racy

18 de junho de 2016 | 01h05

Para comemorar seus seis meses de vida, o Museu do Amanhã começa na segunda-feira uma programação dedicada à água.

Um dos destaques será uma intervenção de Suzana Queiroga, que instalará três representações infláveis de moléculas de água – tamanho família, de 11,5m x 5,3m x 3m. No espelho d’água do museu, no Rio.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: