STF vai julgar disputa entre Gradiente e Apple pelo termo Iphone

STF vai julgar disputa entre Gradiente e Apple pelo termo Iphone

Direto da Fonte

20 de março de 2022 | 04h50

Iphone. Foto: Carlos Garcia Rawlins/Reuters

Iphone. Foto: Carlos Garcia Rawlins/Reuters

A briga entre a Gradiente e a Apple pela marca Iphone vai ser julgada pelo STF. A corte reconheceu por 11 votos a zero que o assunto tem nível constitucional e é de repercussão geral, na quinta-feira. A empresa brasileira registrou o termo “G Gradiente Iphone” no INPI, sete anos antes do lançamento mundial do produto pela Apple.

Em primeira instância, a gigante norte-americana conseguiu uma decisão em 2013, determinando que o Inpi cancele a decisão do registro do nome Iphone com exclusividade para a Gradiente.

A defesa jurídica da Gradiente neste caso está sendo feita pelos advogados Igor Mauler Santiago e Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay. O escritório Dannemann Siemsen representa a Apple.

Mães Solos

Dados inéditos dos cartórios de Registro Civil de SP revelam: nos quase dois anos completos de pandemia, mais de 58 mil crianças do Estado foram registradas somente com o nome da mãe na certidão de nascimento – justamente no período em que ocorreu a menor quantidade de nascimentos.

Comparados com 2019, os reconhecimentos de paternidade caíram mais de 45%

Ontem e hoje

A Arte132 abre seu espaço em Moema para outras 10 galerias e artistas independentes apresentarem uma mostra inovadora. Com curadoria de Lilia Schwarcz, 80 trabalhos comporão um conjunto expositivo inédito do cenário cultural do País, no ano do centenário da Semana de 22. A partir de hoje até 21 de maio.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.