STF libera ex-presidente da Vale de comparecer à CPI de Brumadinho

Sonia Racy

28 de maio de 2019 | 16h27

FABIO SCHVARTSMAN. FOTO: FÁBIO MOTTA/ESTADÃO

FABIO SCHVARTSMAN. FOTO: FÁBIO MOTTA/ESTADÃO

O STF acaba de julgar procedente, nesta terça-feira, solicitação de Fabio Schvartsman. O ex-presidente da Vale não terá que comparecer, dia 4, à CPI de Brumadinho. Segundo seu seu advogado Pierpaolo Bottini, seu cliente já prestou declarações à CPI no Senado, à PF, e também perante a comissão especial instaurada na Câmara dos deputados. “Também disponibilizou seus e-mails e todos os documentos requeridos pelo MP.”

Portanto, segundo Bottini, já a expôs tudo que conhecia. “Mas está à disposição da comissão para entregar documentos e tudo o que for necessário, uma vez que é um dos maiores interessados em esclarecer os fatos”.

Leia mais notas da coluna:
+ Prefeitura de SP vai lançar sistema online de autorização temporária para ambulantes
+ “Ser político com alma e dedicação é duro”, diz Eduardo Mufarej

Tendências: