STF julga pedido de Raquel Dodge sobre prisão de Jorge Picciani

Sonia Racy

06 Dezembro 2017 | 01h05

SEDE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL

SEDE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL. FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

Quem acha que o STF vai viver um fim de ano calmo se engana. Hoje, o plenário julga o recurso de Raquel Dodge contra a decisão da Alerj de libertar Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi – depois devolvidos à prisão pelo TRF-2.

Amanhã, os ministros retomam o caso de Ivo Cassol, condenado por fraudar licitações em Rondônia – o senador se defende em liberdade.

Plenário vai julgar
bloco PT-PMDB

E na semana que vem os ministros se debruçam, enfim, sobre o bloco PT e PMDB – que inclui Eduardo Cunha, Antonio Palocci, Paulo Bernardo e João Vaccari Neto, entre outros.

Leia mais notas da coluna:

Falta de dados de Estados impacta quadro sobre filas para cirurgias, diz Uip

Iphan entregaTeatro Arthur Azevedo reformado