STF ‘discute’ Renan mas Senado já olha sucessor

Sonia Racy

04 de novembro de 2016 | 01h38

Não foi a nota de Renan, dizendo que nada tem a ver com o julgamento do STF sobre a “linha sucessória no Planalto”, que garantiu ontem a tarde tranquila do Senado. Nem a decisão de Dias Toffoli de pedir vista do processo — que já tem maioria de seis votos proibindo réus nessa lista.  

 

Para a maioria dos senadores, o que conta é que o ano está acabando e, no início de 2017, o presidente da Casa será outro.

Quase certamente… Eunício de Oliveira.