STF deve analisar amanhã habeas corpus de Delcídio e André Esteves

Sonia Racy

16 de dezembro de 2015 | 12h12

Deve acontecer amanhã uma sessão especial no Supremo Tribunal Federal para analisar o pedido de habeas corpus do senador Delcídio Amaral e do ex-controlador do BTG, André Esteves. Consta que existe grande chance de os dois voltarem à liberdade.

Eles  foram detidos há 21 dias, depois que o Ministério Público Federal teve acesso a gravações de uma reunião em que o senador, seu chefe de gabinete e o advogado aparecem negociando o silêncio do ex-diretor da Petrobrás Nestor Cerveró.  O grupo buscava evitar que Cerveró citasse Delcídio e o BTG Pactual em eventual delação premiada.

O senador prometeu uma mesada à família de Cerveró no valor de R$ 50 mil e, nas gravações, aparece arquitetando um plano de fuga para o ex-dirigente da Petrobrás. Os valores, segundo a gravação, seriam financiados por André Esteves.

Além das denúncias do senador e do banqueiro por tentativa de impedir as investigações, Delcídio também foi acusado de exploração de prestígio, por ter insinuado que poderia exercer influência sobre os ministros do Supremo Tribunal Federal para conseguir decisões favoráveis a Cerveró.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: