SP exclui profissionais de home care da lista de prioridades da vacina de covid-19

Sonia Racy

03 de fevereiro de 2021 | 00h50

O Estado de São Paulo não incluiu na lista de prioridades para tomar a vacina de covid-19, todas as empresas integrantes do Núcleo Nacional das Empresas de Serviços de Atenção Domiciliar. “Nós somos da saúde, não recebemos vacina e não há cronograma para isso”, afirmou ontem a enfermeira Maria Filomena de Paula Machado, proprietária da empresa Nurse Doctor House.

Indagada, a secretaria de Saúde afirma que todos trabalhadores da saúde, 1,5 milhão de pessoas, estão incluídos na vacinação prioritária dos profissionais do setor. O Nead conta que mandou e-mail para secretaria indagando sobre a inclusão dos seus associados e que a resposta foi não.

Fora 2

O segmento dá assistência a pacientes com várias doenças, inclusive os infectados pelo coronavírus – seja em casa, seja no próprio hospital. “Muitos de nós estamos hoje, por exemplo, trabalhando no 8º andar do Sírio Libanês, que abriga exclusivamente pacientes do covid-19. Somos grupo de risco. E não estamos autorizados a receber a vacina”, conta Filomena, do alto de seus 37 anos de experiência em home care.

Fora 3

Segundo a enfermeira, os funcionários e empresas do Nead estão inscritas em todos os órgãos de fiscalização – inclusive no Conselho Regional de Enfermagem paulista e Conselho Regional de Medicina. E compara com a experiência internacional: “Nos EUA, na Europa e em muitos outros países, os profissionais deste segmento foram incluídos. Aqui não”.

Agora vai

Ao que tudo indica, a nova data de inauguração do Parque Augusta será julho deste ano.

A ideia, segundo se apurou, é abrir o parque mas continuar com a prospecção arqueológica em áreas delimitadas. Assim, o público terá a chance de acompanhar o processo de perto.

Outras histórias

Focada na trajetória de Zezé di Camargo, a série É o Amor – a ser feita pela Netflix – promete trazer aspectos da vida do cantor que não foram mostrados no filme Os Dois Filhos de Francisco.
A produção, que terá como protagonista também Wanessa, uma das filhas do sertanejo, já começou a ser filmada na fazenda de Zezé em Araguapaz, Goiás, há cerca de dois meses.

Além de seu genro, Marcos Buaiz, Celso Loducca também integra o time da empreitada.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.