Sou da paz critica vídeos de eleitores com armas

Sou da paz critica vídeos de eleitores com armas

Sonia Racy

10 Outubro 2018 | 00h40

Ivan Marques, do Instituto Sou da Paz, condenou a divulgação de vídeos mostrando eleitores votando com armas de fogo. O diretor da organização afirmou ser um “desvio do processo democrático”. O processo eleitoral, diz ele, “é um embate de ideias. Circular esse tipo de vídeo é fomentar a violência e tudo o que não precisamos é gente armada na rua. O Brasil necessita pacificar a população, que já está exaltada.”

Marques elogiou a investigação do Ministério da Defesa sobre os casos, e disse esperar providências do TSE.

Leia mais notas da coluna:
WhatsApp foi o grande eleitor no domingo, diz analista
Meninas ‘ocupam’ Prefeitura para marcar o seu dia internacional