SOS Pantanal pede ao governador do MS que proíba a soja na planície pantaneira

SOS Pantanal pede ao governador do MS que proíba a soja na planície pantaneira

Direto da Fonte

04 de fevereiro de 2022 | 02h00

Foto: DIDA SAMPAIO / ESTADÃO

Em carta que levaram ontem ao governador Reinaldo Azambuja, do Mato Grosso do Sul, em Campo Grande, lideranças da SOS Pantanal decidiram ir à luta contra a “atividade intensiva de produtos químicos de alta toxicidade” e manifestaram “profunda indignação com a cultura de soja na planície pantaneira”.

O documento lembra que a área é “reserva da biosfera e patrimônio da Humanidade” e considerada “área de uso restrito” pelo Código Florestal.

Mais de 500 assinaturas foram obtidas em menos de três dias, revelou à coluna o presidente da ONG, Alexandre Bossi. Entre eles, figuras de peso como Sebastião Salgado, Armínio Fraga, Walter Salles, Pedro Passos e o autor da novela Pantanal, Benedito Ruy Barbosa.

O que pede a SOS Pantanal? Que se elabore “legislação específica proibindo a instalação da monocultura” na região. “Passamos o recado de que soja não combina com Pantanal” e de que “a legislação, no Estado, tem de olhar para isso”, disse Bossi.

Em nome do governador, seu secretário de Infraestrutura (e candidato do governo à sucessão em outubro), Eduardo Riedel, afirmou que “isso tem de ser discutido, não pode ser deixado em aberto”.

Reais à venda

Para reformar sua sede em SP, o Livres vendeu, em menos de 24 horas, 20 quadros com notas de R$1,00 assinadas pelos “pais” do Plano Real – como FHC, Pedro Malan, Persio Arida, Edmar Bacha, Rubens Ricupero. Preço? R$ 2.00o cada. Compradores? Empresários como Eduardo Mufarej e Mauricio Lafer e economistas como Elena Landau e Aod Cunha.

Mais histórias

O novo livro da romancista, ensaísta e ativista de direitos das minorias Elif Shafak será lançado no Brasil pela HarperCollins. A editora publicará neste ano o mais recente romance da autora turca, The Island of Missing Trees.

A obra conta a história de um amor interrompido pela guerra e de como os encontros e desencontros decorrentes desse fato reverberam por décadas a fio.  O livro é finalista do Costa Book Award 2021 e entrou para o clube de leitura da atriz Reese Witherspoon.

Três gerações

Está na galeria Marília Razuk, no Itaim, e vai até dia 12 a exposição “Pelas Frestas”, com trabalhos de Ana Vitória Mussi, Marcia Xavier e Maria Laet. Com curadoria de Claudia Calirman e Gisela Gueiros.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.