Sonho meu

Sonia Racy

21 de maio de 2010 | 09h00

O sucesso da estreia da série de recitais na Osesp deste ano, com Ewa Kupiec, trouxe à tona um sonho antigo da diretoria da orquestra: construir uma sala para concertos de câmara no 4º andar da Sala São Paulo. Para 700 pessoas.

Para tanto, estão analisando se a concorrência com o complexo cultural da Nova Luz, que será construído em frente à sala, não será fator impeditivo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: