Soldado universal

Redação

04 de janeiro de 2009 | 08h11

Enquanto Nicolas Sarkozy fazia acordos com Lula, um grupo de seguranças franceses gastou seu tempo num discretíssimo lobby.

Pertencentes, em sua maioria, à Legião Francesa, tropa de elite criada no século 18, eles deixaram a muitos agentes da PF o formulário de adesão ao grupo. Como Paulo Lacerda já está de partida para Lisboa…

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.