Sol maior?

Sonia Racy

08 Julho 2010 | 23h12

Mais um capítulo da novela Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo. Depois de documentar como “insustentável” a situação de trabalho e questionar a “competência artística do maestro” Rodrigo de Carvalho, os músicos da orquestra enviaram novo documento à diretoria.

Desta vez, amenizando o tom das críticas e fazendo mea-culpa. A coluna teve acesso à nova carta, em que a situação é descrita como “uma série de pequenos desentendimentos”. Afirmam que a “deterioração do ambiente de trabalho é fruto da falta de diálogo de ambas as partes”. E que é reconhecido “o inegável potencial artístico do maestro”.