Sobre rodas

Redação

02 de outubro de 2009 | 11h13

Realmente, a indústria automotiva não tem do que reclamar este ano. A Mercedez-Benz está recontratando quase mil funcionários, conta Jackson Schneider.

José Carlos Pinheiro Neto, da GM, não tem dúvida: o Brasil bate o recorde de vendas este ano. Ele prevê 3 milhões de unidades, contra 2,8 mi em 2008. Ontem, a GM anunciou recorde mensal: mais de 61 mil carros.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.