Só 6% de namorados negros se acham representados nos anúncios

Sonia Racy

10 de junho de 2017 | 18h35

Nesta véspera de Dia dos Namorados, o comércio já tem do que reclamar. Pesquisa inédita do Instituto Locomotiva aponta que, embora mais da metade dos namorados no País seja composta de negros ou pardos, apenas 6% deles acham que estão adequadamente representados nas propagandas de TV.

O que isso significa? Em dinheiro, muito, por causa dos clientes potenciais que ficam esquecidos nas mensagens. No seu estudo, o Locomotiva revela que está em torno de R$ 1,5 trilhão o total de recursos movimentados pelas parcelas de negros e pardos da sociedade.

 

 

Tendências: