Situação de jatinho em que estava Eduardo Campos era regular

Sonia Racy

13 de agosto de 2014 | 13h16

O jatinho que caiu em Santos, esta manhã, causando a morte do candidato do PSB à presidência, Eduardo Campos, estava em situação regular. O certificado de aeronavegabilidade era válido até 22 de fevereiro de 2017.

Segundo consta no site da Anac, a aeronave era operada por AF Andrade Empreendimentos e Participações, holding do empresário e usineiro José Carlos de Andrade – a companhia pediu recuperação judicial há um mês.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.