Sinal de fumaça

Sonia Racy

09 de setembro de 2015 | 01h04

Há sinais de possível recredenciamento das empresas suspensas pela Petrobrás após serem citadas na Lava Jato. Consta que a estatal enviou 23 cartas às atingidas pedindo que colaborem “para a reavaliação dos riscos identificados prestando os esclarecimentos solicitados”.

Ao todo são 59 perguntas divididas em seis temas, para se avaliar envolvimento em outras irregularidades e, ainda, quais medidas tomou para resolver seu problema de… compliance.

Fumaça 2

No item Lava Jato, por exemplo, a carta pergunta sobre o andamento de investigação interna, se houve auxílio no processo de escritórios de advocacia ou consultoria externos e quais os procedimentos utilizados.

Buscam saber também, se houve punição interna dos envolvidos, entre outras.

Fumaça 3

Detalhe: há quem diga que as empresas que se dispuserem a responder devem estar preparadas para que as informações sejam utilizadas em processos dentro e fora do País. Inclusive pelo Departamento de Justiça norte-americano.