Simplificando

Sonia Racy

08 de março de 2014 | 01h08

Para discutir a situação de empresas em dificuldade na América Latina, vários fundos de investimento se uniram para montar seminário – ontem, em NY – intitulado Latin American Distressed Debit Forum.

A percepção dos potenciais investidores é que a legislação melhorou no Brasil, mas o processo é muito lento, complicado e sofre interferência do governo. Já o do México foi elogiado.

Entretanto, segundo fonte que participou do evento, sonham mesmo com uma legislação parecida com a dos EUA – simples e prática.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.