Simples…

Sonia Racy

17 Dezembro 2014 | 01h10

Aos Estados que estão chiando porque não foram ouvidos na montagem do projeto de lei que reformula o Simples, o ministro Guilherme Afif avisa: “Só mudamos a parte que envolve impostos federais, sem mexer no ICMS. Por isso os integrantes do Confaz não foram chamados para conversar”.

…mas complexo

Andrea Calabi, secretário da Fazenda do Estado, não concorda: diz que o Simples atual é inconsistente, do ponto de vista econômico, e atrapalha muito a vida das empresas. Quanto ao ministro, ele bate pesado. Define-o como “demagógico”, “sorrateiro” e “antipaulista”.