Sim e não

Sonia Racy

27 de fevereiro de 2012 | 23h07

Paulinho da Força informou a direção do PT, no fim de semana: não procedem as especulações de que abriria mão da candidatura (pelo PDT) para apoiar Serra no 1° turno.

E que seus acordos com o PSDB se limitam ao governo do estado e a Alckmin – de quem é, sim, muito próximo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: