Sequelas

Sonia Racy

30 de agosto de 2010 | 23h08

A Defensoria Pública entra com processo contra o Estado de São Paulo, o Hospital São Luiz e o time do São Paulo. Pede indenização para Sidney Gratuliano Moreira. Ele foi atingido, em 2005, por balas de borracha da PM, no Estádio do Morumbi, durante a final da Libertadores. Teve afundamento craniano e possui grave problema neurológico.

Com 29 anos e sem emprego, o torcedor vive em Carapicuíba, Grande SP, com a mãe que também não pode trabalhar.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: