Sentinela

Sonia Racy

04 de março de 2012 | 01h03

Ailton Ferreira, da secretaria de reparação na Bahia, quis saber o número de ocorrências durante o carnaval 2012. Resultado? Decepção. A Semur contabilizou 288 casos de racismo (41% a mais que em 2011) e 153 de violência contra a mulher (aumento de 68%).

Só as agressões a gays diminuíram, de 55 para 18.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: