Senadores vão a Brasília para acelerar negociações de eleição na Casa

Sonia Racy

24 Janeiro 2019 | 00h50

SENADO. FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

SENADO. FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

Senadores começam a desembarcar em Brasília a partir de domingo para acelerar as negociações em torno da eleição para a presidência da Casa. De acordo com assessores ouvidos pela coluna, o alto número de novatos tem atrasado as conversas.

Motivo? Não se sabe quem fala em nome de quem e… não há intimidade. Isso, mais o fato de que os parlamentares não estão na capital, tem criado dificuldades.

Espera-se que a próxima semana seja de intensa negociação, acompanha da desistência de algumas das oito candidaturas – entre assumidas e veladas. Os pré-candidatos são: Esperidião Amim (PP), Davi Alcolumbre (DEM), Renan Calheiros (PMDB), Simone Tebet (PMDB), Ângelo Coronel (PSD), Álvaro Dias (Podemos), Major Olímpio (PSL) e Tasso Jereissati (PSDB).

Leia mais notas da coluna:
+ A investidores, Bolsonaro cita Previdência e diz que Brasil fará ‘lição de casa’
Frase de Paulo Guedes agrada à iniciativa privada

Mais conteúdo sobre:

SenadoSenado Federal