Senado ensaia restringir acesso devido a ‘votações de grande interesse’

Sonia Racy

21 de setembro de 2017 | 00h52

EUNÍCIO OLIVEIRA

EUNÍCIO OLIVEIRA. FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

O Senado avisou aos servidores, na noite de segunda-feira, que o acesso pelas portarias estaria restrito “em virtude das discussões e votações de matérias de grande interesse popular”.

Na manhã seguinte, retificou: “Solicitamos desconsiderar o comunicado anterior, foi um equívoco pelo qual pedimos desculpas”. O segundo comunicado isentou Eunício Oliveira.

Leia mais notas da coluna:

+ Janot deixa delação de Leo Pinheiro de fora das enviadas ao STF

+ ‘Modelo 100% estatal na cultura está falido’, diz ministro

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.