Sem sono

Sonia Racy

19 Setembro 2013 | 01h04

Rosa Weber, Luiz Fux e Ricardo Lewandowski eram os colegas mais atentos à fala de Celso de Mello. Já Dias Toffoli e Gilmar Mendes chegaram a deixar a sala durante parte do voto.

O decano não foi interrompido nem uma única vez.

Sem sono 2

O plenário do Supremo ficou lotado durante a sessão.

Com uma hora e meia de julgamento, ainda havia fila de pelo menos 30 pessoas na esperança de um lugarzinho.