Sem refresco

Sonia Racy

20 de setembro de 2013 | 01h06

Relator dos embargos infringentes, Luiz Fux integra o time de ministros do STF que defendem a aplicação imediata das penas de prisão dos condenados do mensalão que não podem apelar por penas mais brandas. “Existem decisões em que não cabe recurso. Essas podem ser executadas de imediato”, disse a interlocutores – pouco antes de ser escolhido para o posto.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: