Sem palavras

Sonia Racy

14 de março de 2011 | 23h04

Quem está sofrendo com o acordo ortográfico da língua portuguesa é Moçambique. Segundo Zeferino Martins, ministro da Educação moçambicano, a implementação do acordo no país custará… US$ 100 milhões.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.