Sem marola

Sonia Racy

06 de dezembro de 2010 | 23h08

Ao que tudo indica, será tranquila a transição na Secretaria-Geral da Presidência. Sobre seu sucessor no posto, Luiz Dulci confidenciou a amigos: “Com Gilberto Carvalho, o diálogo com os movimentos sociais será respeitoso e produtivo. A democracia participativa avançará ainda mais no governo Dilma”. Em janeiro, Dulci estará na equipe de ex-colaboradores de Lula no Instituto Cidadania.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: