Sem apagão

Redação

14 de novembro de 2008 | 06h00

A crise mundial ainda não chegou aos aeroportos brasileiros. Segundo o último balanço da Infraero, o lucro líquido dos aeroportos foi de R$ 287 milhões entre janeiro e setembro – 12,5% mais que o mesmo período de 2007. O caixa líquido foi de R$ 542,5 milhões.

A receita por passageiro avançou 6,1%, e a receita comercial por UCT (passageiros mais cargas), 9,6%.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.