Sem alvará

Sonia Racy

31 de outubro de 2014 | 01h01

O promotor Joel Carlos Silveira ouviu o dono do bar que sofreu tentativa de achaque por parte de fiscais da Prefeitura emprestados à CPI dos Alvarás – que corre na Câmara paulistana. O empresário confirmou o teor das gravações exibidas pelo Fantásticono último domingo.

Silveira adiantou à coluna que mais testemunhas devem ser chamadas. E que Eduardo Tuma, vereador citado nas gravações, também será ouvido.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.