Segurança da segurança

Sonia Racy

12 de junho de 2015 | 01h08

Flávio Dino, governador do Maranhão, contratou empresa de segurança privada para proteger alguns órgãos do governo, entre eles… a própria Secretaria de Segurança Pública. De acordo com o Portal da Transparência, a Potencial Segurança e Vigilância já recebeu R$ 4,6 milhões para prestar serviços ao governo do PC do B.

No total, foram empenhados mais de R$ 7 milhões.

Segurança 2

Procurada, a assessoria do Estado do Maranhão confirmou a contratação não só de uma, mas de duas empresas privadas de vigilância para prestarem serviço na sede da Secretaria da Segurança. Justificativa? Citou decretos federal e estadual que “preveem o serviço de vigilância terceirizada a todo e qualquer órgão público”.

Disse ainda que o objetivo da pasta é “garantir o policiamento nas ruas, priorizando, portanto, que a atividade do agente policial seja desempenhada em operações de combate à criminalidade, em favor da comunidade”.

 

Tendências: