Segundo round

Redação

14 de janeiro de 2010 | 08h22

A Secretaria Especial dos Direitos Humanos contra-ataca. Saiu em busca de agências para defender seu projeto-ônibus sobre direitos humanos.

Distribuiu um edital, nos últimos dias, a pelo menos cinco delas, em Brasília.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.