Segunda denúncia contra Temer tem 17 volumes e cita Pedro Álvares Cabral

Sonia Racy

22 de setembro de 2017 | 00h50

MICHEL TEMER

MICHEL TEMER. FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

A segunda denúncia contra Temer, que chegou anteontem à Câmara, tem 17 volumes.

Ela é tão grande que ocupou mais de 1T (um tera) de memória nos arquivos do Supremo Tribunal Federal. E tão abrangente que começa em Pedro Álvares Cabral… e vai muito além do presidente.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: