Segredo família

Sonia Racy

01 Abril 2011 | 23h09

Documento da briga da família Gradin com a Odebrecht, obtido pela coluna, mostra que Bernardo Gradin, mentor do confronto, entrou na Justiça para questionar avaliação de ações que seu pai, Victor Gradin, e um dos seus irmãos, Miguel Gradin, aprovaram.

Quando? Em assembleia de acionistas dia 5 de agosto do ano passado. Segundo a avaliação, feita pelo CSFB, os Gradin têm direito a US$ 1,5 bilhão para deixar a Odebrecht.

Bernardo reivindica o dobro do valor na Justiça.