Secretíssimos

Redação

30 de dezembro de 2008 | 06h00

Descansando nos feriados de Natal em sua casa de campo em Calafate, na Patagônia, a presidente Cristina Kirchner tinha sempre por perto um pacote de seguranças vestidos à paisana.

Mas o equipamento do pessoal não ajudava muito. Os walkie-talkies eram enormes, daqueles dos anos 80, de não menos de 20 centímetros de comprimento.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: