Se o mundo inteiro me pudesse ouvir

Sonia Racy

14 de março de 2012 | 10h31

Tiago Abravanel não passou no teste para viver Tim Maia no cinema. Quem diz isso, entre muitos risos, é o próprio astro do musical Vale Tudo, que estreou anteontem no Teatro Procópio Ferreira, em São Paulo. “Mas acho que o Robson Nunese o Babu Santana(que interpretarão o cantor jovem e adulto na telona) vão dar show. Eles são excelentes!”

O ator confessou, em conversa com a imprensa após o show, ter ficado mais nervoso na estreia paulistana do que no Rio: “Eu nasci aqui, então a emoção acabou sendo maior. Além disso, tinha muito amigo meu na plateia hoje; meus avós paternos, que vieram do interior, minha mãe, minhas irmãs…” E o avô Silvio Santos, quando aparece? “Acho que ainda demora um pouco. Mas ele já me disse que virá sem avisar”.

Quem fez questão de marcar presença foi a dupla Marisa Orth e Daniel Boaventura, que devolveu a gentileza ao amigo – Tiago ficou na primeira fila na estreia de A Família Addams, semana passada. “O Tiago é um cara especial”, disse Gomez Addams. “Que voz que ele tem, né?”, concordou Mortícia. “É que eu adoro o Tim, até já gravei uma música dele, Sofre.” E entoou, ao lado do namorado, o músico Dalua: “Não vou mais chorar, mas se eu chorar…”

“Não tem quem não se emocione”, comemorou Nelson Motta, autor da biografia de Tim Maia, ponto de partida para o musical. “A voz, o jeito, tudo é muito parecido. O Tiago é a reencarnação do Tim. Com uma vantagem: Tiago sempre comparece, nunca falta”, brincou. E a exemplo do que acontecera no Rio, Motta chorou. “Já vi tantas vezes, mas…”

Uma das mais requisitadas no red carpet era a “rica” Val Marchiori – que contou à coluna sobre seu sucesso internacional: “Já saí no Corriere Della Sera, no The Guardian e até na Al Jazeera”. E emendou: “Sabe quais são os hits do verão? Ai Se Eu Te Pego, do Michel Teló, e o ‘hello’ da Val”.

Entre um champanhe e outro (“para não perder o costume, né?”), a loira revelou que vai escrever um livro, “biografia contando quem é a verdadeira Val”. Mas, e Vale Tudo? “Maravilhoso”, disparou, antes de correr até a porta para uma sessão de fotos com os travestis que recepcionavam os VIPs.

O momento mais emocionante da noite foi a subida ao palco de Carmelo Maia, filho de Tim, que pediu a Tiago para abraçar o ‘pai’. E olha lá o Nelson Motta chorando outra vez…/SOFIA PATSCH

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: