Saúde e MP montam ‘mapa da judicialização da saúde’

Sonia Racy

05 de novembro de 2016 | 01h04

Como médico não entende de leis e advogado não entende de medicina, o MP estadual e a Secretaria da Saúde vão juntar esforços para montar um “mapa da judicialização da saúde” no Estado.

A missão? Orientar as ações do Estado quando cobrado a garantir a oferta de medicamentos, terapias e outros benefícios aos cidadãos. Para tanto, um vasto acervo de ações, análises e histórico de processos da secretaria serão postos à disposição de promotores que forem escalados para a tarefa.

Na presença de Alckmin, o secretário David Uip e o procurador-geral Gianpaolo Smanioto assinam o compromisso nesta segunda-feira.