Sarney: tinindo de vontade…

Redação

07 de novembro de 2008 | 15h53

Engana-se quem acha que José Sarney só quer cuidar de literatura e terminar o mandato em 2014, não tendo mais saúde e paciência para assumir o Congresso no ano que vem.

No entanto, o senador exige que seja por aclamação. “Onde já se viu ex-presidente da República disputar eleição de Congresso com voto secreto?!!”, resume um ministro do Planalto.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.