Sangue no mar

Sonia Racy

12 de maio de 2012 | 01h06

Esta exportação o governo não quer. Semana passada, o Ibama apreendeu, em Belém do Pará, 7,7 toneladas de barbatanas de tubarão.

Destino? China. A exportadora – que deve R$ 1 milhão em multas para a entidade desde 2007 – terá de engordar o cheque em mais R$ 2,7 milhões.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.