Sal a gosto

Sonia Racy

22 de outubro de 2010 | 23h06

O sonhado parque linear sobre o prolongamento da Av. Jornalista Roberto Marinho deve ficar salgado para os cofres públicos.

Só para desenvolver o plano e projetar a urbanização do novo trecho de avenida, o consórcio vencedor cobrará mais de R$ 21,8 milhões.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: