Saindo da cartola política

Redação

14 de novembro de 2009 | 06h30

Diferentemente do que muitos acreditam, pode-se fazer mágica com números concretos. E pelo jeito foi essa a opção de Guido Mantega ao alardear esta semana que o PIB do Brasil deve crescer entre 8% e 10% no terceiro trimestre de 2009, em termos anualizados. Para tanto, considera que o ritmo de expansão trimestral se manterá ao longo de um ano inteiro. “Um ritmo chinês.”

Intrigado, José Roberto Mendonça de Barros, da MB Associados, fez exercício para calcular o PIB brasileira da mesma maneira que a China faz. O que aconteceu? Ele detectou que, no terceiro trimestre do ano, o Brasil teria crescido 0,3% na comparação com o mesmo trimestre de 2008. E o PIB chinês, 8,9%.

Em resumo, estamos loooonge do padrão asiático. Mantega fotografou o atual momento e o
projetou para um ano.

Aí, é só felicidade.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: