Ruth Cardoso doou em silêncio os salários ao Museu Nacional

Ruth Cardoso doou em silêncio os salários ao Museu Nacional

Sonia Racy

08 Setembro 2018 | 00h50

FACHADA NEOCLÁSSICA DO PALÁCIO DE SÃO CRISTÓVÃO, NA QUINTA DA BOA VISTA, ONDE FUNCIONAVA O MUSEU NACIONAL

FACHADA NEOCLÁSSICA DO PALÁCIO DE SÃO CRISTÓVÃO, NA QUINTA DA BOA VISTA, ONDE FUNCIONAVA O MUSEU NACIONAL. FOTO: FABIO MOTTA/ESTADÃO

Em reunião da Congregação do Museu Nacional em 2008, o antropólogo Gilberto Velho fez revelação de peso: que em certa época a antropóloga – e ex-primeira-dama – Ruth Cardoso doou em silêncio os salários recebidos para restaurar a própria sala onde os congregados se reuniam. O episódio é lembrado pelo hoje diretor da Biblioteca Nacional de Brasília, Carlos Alberto Xavier, em carta obtida pela coluna.

Leia mais notas da coluna:
Advogado de Bolsonaro prepara pedido de prisão preventiva contra agressor
Mercado financeiro repara em crescimento de Haddad