Roto-rooter

Redação

09 de novembro de 2008 | 06h00

Pelo menos um segmento da economia americana vai perder rentabilidade com a vitória de Obama: a máquina de livros anti-Bush.

A chamada Bushfobia foi o paraíso para o setor editorial que imprimiu 14 títulos – sem contar com os livros das editoras independentes. Entre os mais vendidos, as edições de Michael Moore e Robert Draper.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.