Rosa e Fachin, do TSE, querem consolidar leis eleitorais em resolução única

Rosa e Fachin, do TSE, querem consolidar leis eleitorais em resolução única

Sonia Racy

28 de fevereiro de 2019 | 17h56

ROSA WEBER E EDSON FACHIN. FOTO: ROSINEI COUTINHO/STF

ROSA WEBER E EDSON FACHIN. FOTO: ROSINEI COUTINHO/STF

A ministra Rosa Weber, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), quer, em um ano, consolidar toda a legislação eleitoral em vigor em uma única resolução. A ideia é encontrar os conflitos nas leis causados por mudanças legislativas. Apontou, para coordenar os esforços, seu colega Edson Fachin – que já começou a convidar integrantes de grupo de trabalho.

Flávio Pansieri, diretor da Escola Judiciária Eleitoral, vai ser o responsável operacional. A equipe contará ainda com Denise Schlickmann, Fernando Neisser, Roberta Gresta, Erick Pereira e João Andrade, entre outros.

Mais conteúdo sobre:

TSE [Tribunal Superior Eleitoral]