Roda a pressão

Sonia Racy

10 de maio de 2012 | 01h07

Está pegando fogo a situação do setor automotivo. Tanto assim que Sérgio Nobre, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, voou ontem para Brasília com intuito de ter uma conversa com Guido Mantega. Ante o alto nível de estoque de carros e baixas perspectivas em reverter esta situação, consta que as montadoras procuraram o sindicalista para ‘trocar’ uma ideia sobre férias coletivas e programas de demissão voluntária.

Elas juram que não dá para esperar o segundo semestre.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.