Reunião sobre Previdência divide tucanos

Sonia Racy

24 de novembro de 2017 | 01h25

RICARDO TRIPOLI

RICARDO TRIPOLI. FOTO: CLAYTON DE SOUZA/ESTADÃO

ALBERTO GOLDMAN

ALBERTO GOLDMAN. FOTO: AYRTON VIGNOLA/AE

Ricardo Tripoli disse à coluna que não entendeu o motivo da reunião do PSDB sobre reforma da Previdência, do início da semana, que acabou não definindo a posição dos tucanos sobre o tema.

“Seria preciso, primeiro, avisar as lideranças e estas ouviriam antes as bancadas a respeito”, comentou o líder do partido ma Câmara.

Tripoli diz que não foi comunicado antes nem as bancadas foram consultadas.

Goldman diz que objetivo
do encontro “foi atendido”

Indagado, o presidente interino Alberto Goldman, que conduziu o encontro, afirma que o objetivo – “que foi atingido” – era unir o partido em torno do texto do relator, Arthur Maia, aprovado por uma comissão na qual o PSDB teve três representantes.

“Se depois houver recuo (do governo) e o texto for mudado, são contingências da política”, acrescentou.

 

Leia mais notas da coluna:

Câmara vai discutir projeto que cria o Parque do Bixiga

Bruno Mars dá canja no Baretto

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: