Retaliação

Sonia Racy

06 de dezembro de 2012 | 01h04

O São Paulo cogita romper contrato com a Ambev, por causa do investimento de R$ 35 milhões da empresa no Itaquerão.

A gigante das bebidas – que bancará a reforma das salas de imprensa do Morumbi e do CT da Barra Funda (orçada em R$ 9 milhões) – tinha se comprometido com o SPFC a não investir maior quantia em outro clube.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.