Representatividade da mulher negra cresce na publicidade brasileira

Sonia Racy

16 de novembro de 2017 | 00h58

A publicidade brasileira despertou para as questões de igualdade de gênero.

Pelo menos é o que revela pesquisa realizada pela Heads Propaganda. O levantamento mostra, por exemplo, que houve um aumento de 600% de representatividade da mulher negra em comparação com dados da pesquisa de 2015.

Os resultados completos serão divulgados no fim do mês.

Leia mais notas na coluna:

+ Ronaldo terá camarote para 2 mil na Marquês de Sapucaí

Raí se forma em administração esportiva em Nyon

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.