Repeteco

Sonia Racy

16 de abril de 2012 | 12h30

Os advogados de Carlinhos Cachoeira tentam transferir o contraventor de cadeia. E estão se preparando para entrar ainda hoje com novo pedido de habeas corpus. Desta vez, no TRF.

Alegam que ele não é um criminoso perigoso e por isso sua prisão na penitenciária de segurança máxima de Mossoró (RN) não tem razão de ser. Ainda mais sendo preventiva.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.